Imprensa

Prémio Nacional do Artesanato 2017

2017-08-01

​Após um interregno desde 2013, o Prémio Nacional do Artesanato regressa novamente por iniciativa do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), estando a decorrer o prazo de candidaturas até ao próximo dia 31 de agosto, às 18h00.

 


O Prémio Nacional do Artesanato apresenta-se assim numa versão renovada possibilitando candidaturas em 6 diferentes categorias:

– Grande Prémio Carreira

– Prémio Inovação

– Prémio Empreendedorismo Novos Talentos

– Prémio Investigação

– Prémio Promoção para Entidades Privadas

– Prémio Promoção para Entidades Públicas


Podem participar nesta competição artesãos e unidades produtivas artesanais, investigadores, associações e entidades privadas e públicas sem fins lucrativos com intervenção na área do artesanato.

As candidaturas devem ser apresentadas mediante formulário próprio e de acordo com o regulamento em vigor, através do endereço de correio eletrónico premionacionalartesanato@iefp.pt

O Prémio Nacional do Artesanato integra o Programa de Promoção das Artes e Ofícios criado pelo Decreto-Lei n.º 122/2015, de 30 de junho, que define um conjunto diversificado de incentivos às atividades artesanais, abrangendo, nomeadamente, apoios à valorização de produções e de artesãos que se afirmem pela excelência dos resultados alcançados.

O Prémio Nacional do Artesanato, a realizar bianualmente, consiste na valorização de percursos e atuações de excelência no âmbito das artes e ofícios, por via do reconhecimento institucional e da concessão de um incentivo financeiro ao desenvolvimento da atividade.

O Prémio Nacional do Artesanato visa incentivar a produção artesanal, nas suas vertentes tradicional e contemporânea, distinguindo os artesãos portugueses, privilegiando as suas competências técnicas e profissionais, bem como a sua capacidade estética.

Inclui, ainda, o reconhecimento de intervenções relevantes de entidades públicas e privadas na promoção das atividades artesanais, assim como o incentivo a trabalhos de investigação no domínio das artes e ofícios.

 

Saiba mais aqui