Imprensa

Brasil e Portugal trocam experiências artesanais

2017-07-23

A Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde decorre até 6 de agosto, nos Jardins da Av. Júlio Graça, contando com a presença de cerca de 200 artesãos nacionais e uma representação do Estado do Ceará, no Brasil, cuja Primeira-Dama, Onélia Leite, esteve presente na inauguração do certame.

O momento foi aproveitado para que a Primeira-Dama do Estado do Ceará anunciasse, ao lado da Presidente da Câmara de Vila do Conde, Eliza Ferraz, e do Secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do Ceará, Josbertini Clementino, a assinatura de um protocolo de intenções para troca de experiências entre Brasil e Portugal, com o objetivo de desenvolver e valorizar a cultura artesanal local.

A assinatura do protocolo decorreu no stand “Artesanato do Ceará - Mãos que fazem história” na Feira Nacional de Artesanato. Aqui estão representadas as mais expressivas artes desenvolvidas no Estado, reunindo trabalhos de 1.200 artesãos (55 Entidades Artesanais e Grupos Produtivos de 27 cidades do Estado). Dentre as tipologias expostas estão Madeira, Fios e Tecidos nas técnicas, Renda de Bilro, Filé, Tecelagem, bordado e labirinto, Fibras Vegetais, Argila, Areia Colorida e Couro.

Além da exposição, a Ceart trouxe até Portugal duas artesãs cearenses, Ana Maria Silva (renda) e Maviniê Mota (areia colorida), que demonstram, ao vivo, todo o seu talento.

 

Foto: Lucas de Menezes