Imprensa

Sessão de Esclarecimento sobre a Viola Braguesa

2016-08-02
A Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde acolhe, no próximo dia 5, pelas 16 horas, uma sessão de esclarecimento sobre o processo de certificação da Viola Braguesa, contando com a presença de representantes da autarquia de Braga, da Adere Minho e da Portugal à Mão.

O processo de certificação da Viola Braguesa, instrumento típico de Braga, tem vindo a dar os primeiros passos. As dúvidas entre construtores, tocadores e colecionadores, são muitas. Daí a realização de algumas sessões de esclarecimento como a que decorreu já em Braga, no auditório do Museu D. Diogo de Sousa, e pretendeu dar a conhecer aos artesãos e unidades produtivas a importância da indústria dos cordofones.

A Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde será o palco de mais uma sessão, já no próximo dia 5. Precisamente no ano em que a FNA dá destaque aos instrumentos musicais sob orientação do etnomusicólogo Tiago Pereira, criador do projeto «A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria».

No âmbito da parceria com o referido projeto, a Feira Nacional de Artesanato destaca os “Artesãos do Som”, com a presença de cerca de duas dezenas de artesãos de instrumentos musicais que, ao vivo, demonstram os seus talentos e mestria na construção de cordofones (instrumentos musicais em que o som é produzido por uma corda tensa), idiofones (instrumentos em que o som é produzido pelo corpo do instrumento), membranofones (instrumentos cujo som resulta de uma membrana, ou de uma pele esticada) e aerofones (instrumentos em que o som é produzido pela vibração do ar).

No topo central do recinto do evento, está patente uma exposição com as «13 Fases de Construção de Um Cavaquinho», baseada no espólio que o artesão Domingos Machado reúne no Museu dos Cordofones, em Tebosa, Braga. Inaugurado em 1995, é um museu privado criado pelo artesão violeiro que mantém a mais completa coleção de cordofones portugueses: guitarras, cavaquinhos, banjos, banjolins e bandolins, violas clássicas e violas típicas (beiroa, braguesa, da terra). O espólio engloba ainda exemplares de instrumentos antigos, apetrechos musicais, objetos ligados à arte musical portuguesa, uma biblioteca e uma discoteca.