Imprensa

Exposição de Fotografia FNA 2015

2016-07-14


Da olaria figurativa à cerâmica, do têxtil ao trabalho do vidro, dos bordados às rendas de bilros, passando pela filigrana, ao trabalho da pedra sabão, latoaria e muitos outros, são uma multiplicidade de saberes e artes tradicionais, que mapeiam o território de norte a sul do país, passando pelas regiões Autónomas do Açores e da Madeira, registadas por fotógrafos amadores e profissionais.

A exposição resulta do concurso de fotografia da edição da Feira Nacional de Artesanato de 2015, e que visa contribuir para a valorização das artes e ofícios tradicionais portugueses, enquanto património cultural, através da dimensão estética, documental e pedagógica da fotografia. Ao mesmo tempo, é intenção desta iniciativa a promoção, dinamização e dignificação da atividade artesanal e dos seus obreiros, enquanto criadores de riqueza e guardiões de artes e saberes que integram a nossa identidade e contribuindo paralelamente para a diversidade das expressões culturais, protegidas e promovidas pela convenção da UNESCO, celebrada em Paris em 2005.

A exposição será inaugurada, no Teatro Municipal de Vila do Conde, dia 23 julho, pelas 18h00, e ficará patente até 31 agosto. A Entrega de Prémios está agendada para o dia 24 de julho, no recinto da FNA, contando com um debate em que estarão presentes Olívia Marques da Silva, Coordenadora da Área de Conhecimento de Fotografia da ESMAE, e Maria do Carmo Serén, Historiadora e Investigadora do CITCEM/FLUP.

Subscreve-se com esta exposição a 25ª edição do Concurso Fotografia, iniciativa lançada pela organização da Feira Nacional de Artesanato em 1991. Um quarto de século em que mais de 890 autores apresentaram cerca de 6.000 trabalhos, consolidando, assim, o desafio lançado.