Concurso Fotográfico

FOTOGRAFIA FNA- 27º EDIÇÃO - 2017

 


 

Decorre durante a 40ª Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde, de 22 de Julho a 6 de Agosto, a 27ª edição do concurso FOTOGRAFIA FNA. Uma iniciativa da organização do certame com o desígnio de enfatizar e promover o artesanato e, simultaneamente, vincar a dimensão estética da fotografia, como meio de fruição, expressão, divulgação e arquivo do património cultural.

O Concurso Fotográfico “Fotografia FNA” inscreve-se no próprio teor da Feira Nacional de Artesanato de Vila Conde, procurando manter vivas e operatórias as artes tradicionais portuguesas, não apenas como material antropológico que tende a representar, mas como fonte de criatividade, de ideias e materiais perfeitamente inseridas na economia social contemporânea.

São aceites fotografias a preto e branco ou a cor, de produção analógica ou digital, produzidas por amadores ou profissionais, tiradas no espaço e no decorrer da Feira: fotografias de peças de artesanato ou gastronomia, de trabalho ao vivo, de artesãos, visitantes, de situação, de emoção, etc.

 

A participação está aberta a todos os fotógrafos, amadores e profissionais. O regulamento, infra, não

 obriga a qualquer pré-inscrição pelo que, para concorrer, não tem mais que começar por fazer aquilo que mais gosta: Fotografar.

À entrada da feira solicite, no secretariado, um crachá de participante, obrigatório para poder fotografar no recinto, e comece a disparar sobre tudo o que acontece no interior e no decorrer do certame: registe peças de artesanato ou gastronomia, trabalho ao vivo, materiais, artesãos, visitantes, situações, emoções, etc.

Selecionados os trabalhos com os quais pretende concorrer, inscreva-se online e simultaneamente envie-nos os seus trabalhos, entre 10 de agosto e 10 de setembro. Aceda, entre 10 Agosto e 10 Setembro, ao formulário para inscrição e submissão dos trabalhos a concurso no site:  http://www.fotografia-fna.org/

 

REGULAMENTO “FOTOGRAFIA FNA 2017”

1. TEMA DO CONCURSO

O tema do concurso “Fotografia FNA 2017” inscreve-se no próprio teor da Feira Nacional de Artesanato de Vila Conde, cuja 40ª edição decorre de 22 de Julho a 6 de Agosto 2017: manter vivas e operatórias as artes tradicionais portuguesas, não apenas como material antropológico que tende a representar, mas como fonte de criatividade de ideias e materiais, perfeitamente inseridas na economia social contemporânea.

A palavra-chave é a preservação da identidade no caminho da mudança e o recurso a atividades que proporcionavam o saber-fazer e a ligação do homem com o meio e a obra em todo o seu percurso de produção, objetivo que implica o tema da feira e do concurso fotográfico.    

 

2. MODALIDADES

Sendo o objetivo deste concurso a valorização do artesanato e divulgação da Feira Nacional de Artesanato, através da dimensão estética, documental, pedagógica e lúdica da fotografia, o concurso desenvolve-se em duas modalidades: Modalidade Portfolio e Modalidade fotografia. Cada concorrente poderá participar numa ou nas duas modalidades, sendo que os trabalhos com que concorre numa modalidade não podem integrar a outra.

2.1 – Modalidade Portefólio 

Conjunto coerente de fotografias - seis - à laia de reportagem, versando uma das temáticas da feira: Peças de artesanato; Trabalho ao vivo; Situações; Gastronomia; Artesãos; Visitantes; Animação; Atividades; etc. Cada concorrente poderá apresentar o máximo de dois portefólios.

2.2 – Modalidade Fotografia:

Fotografias isoladas, podendo cada participante concorrer com o máximo de seis fotografias, versando as mesmas temáticas da Feira: Peças de artesanato; Trabalho ao vivo; Situações; Gastronomia; Artesãos; Visitantes; Animação; Atividades; etc. 

 

3. PARTICIPANTES

3.1 – São admitidos a concurso participantes portugueses ou estrangeiros, residentes em Portugal;

3.2 – Ao inscrever-se o concorrente assume ser o único detentor dos direitos de autor da fotografia;

3.3 – Conforme previsto no regulamento da Feira Nacional de Artesanato os artesãos autorizam ser fotografados, bem como permitem o registo das suas peças ou do trabalho ao vivo que possam estar a desenvolver;

3.4 – Os participantes podem publicar os trabalhos apresentados a concurso não sendo todavia permitida a participação, com os mesmos trabalhos, noutros concursos;

3.5 – Os participantes cedem à Organização do Certame, graciosamente, os direitos de reprodução das suas obras, que serão devidamente identificadas com o nome do autor;

3.6 – Não são admitidos a concurso membros do júri ou da organização;

3.7 – Os trabalhos selecionados para a 2ª fase do concurso ficam propriedade da ADAPVC  – Associação para Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde e da Câmara Municipal.

 

4. CARTÃO DE IDENTIFICAÇÃO

Os concorrentes deverão levantar no Secretariado da Feira, à entrada do certame, um crachá de participante no Concurso, para circular e fotografar no recinto da Feira.

 

5. MATERIAL A CONCURSO

5.1 - São aceites fotografias a preto e branco ou a cor, de produção analógica ou digital, produzidas por amadores ou profissionais, tiradas no espaço e no decorrer da Feira: fotografias de peças ou gastronomia, de artesãos,  de trabalho ao vivo, visitantes, de situação, de emoção, etc.;

5.2 - Não são admitidas as fotografias tiradas com telemóveis;

5.3 - As fotografias apresentadas a concurso não podem ser manipuladas, à exceção do normal tratamento de enquadramento, reequilíbrio de cor, densidade e contraste. O autor deve preservar os originais e disponibiliza-los caso o júri os solicite. O não-cumprimento do exposto será objeto de desclassificação;

5.4 - Todos os trabalhos devem ter um título ou legenda e sempre que se trate de peças, artesãos e trabalho ao vivo deve ser indicado o nome do artesão e da sua região; Na modalidade portfólio só deve ser dado um nome ao portfólio e respetivos artesãos, quando os houver.

5.5 - Na 1ª fase do concurso só são aceites ficheiros digitais em RGB, com as dimensões 30 x 20; formato JPG, com uma resolução de 300 dpi e sem qualquer marca de água.

5.6 - As fotografias de menores devem ser acompanhadas de uma autorização dos encarregados de educação, autorizando a publicação e exposição da fotografia  (pode solicitar o formulário da declaração no secretariado da feira).

 

6. INSCRIÇÃO

6.1 –  A inscrição é gratuita e deve ser efetuada online, com o preenchimento do respetivo impresso e submissão das fotografias a concurso, entre o dia 10 de agosto a 10 de setembro, até às 24h; 

Em alternativa a inscrição pode ser enviada ou entregue, com os respetivos trabalhos em suporte digital, acompanhados do impresso de inscrição, que pode ser descarregada em - www.fotografia-fna.org - para:

Concurso Fotográfico FNA

Loja interativa de turismo

Rua Cais das Lavandeiras

4480 - 789 Vila do Conde;

6.2 – Cada concorrente pode participar numa ou nas duas modalidades. Na Modalidade Fotografia com seis trabalhos e na Modalidade Portfolio com 2 trabalhos. 

 

5.3 – Não serão aceites inscrições que não estejam conformes ao regulamento.

 

7. SELEÇÃO E PREMIAÇÃO:

6.1 – O júri procederá à seleção dos trabalhos em duas fases: Na 1.ª fase fará uma pré-seleção, no máximo, de 40 trabalhos.

6.2 – Os autores dos trabalhos selecionados serão informados, por correio eletrónico, e deverão entregar ou enviar, até data a anunciar, as fotografias impressas em papel fotográfico mate, nas dimensões 60 x 40 com uma margem branca de 5 cm (dimensão final 70 x 50)

Concurso Fotográfico FNA

Loja interativa de turismo

Rua Cais das Lavandeiras

4480 - 789 Vila do Conde

6.3 – Na segunda fase o júri elegerá os trabalhos premiados;

6.4 – O Júri reserva-se o direito de não atribuir qualquer um dos prémios, assim como decidir da atribuição de Menções Honrosas;

 

8. PRÉMIOS

8.1 – Modalidade Portefólio:

1º Prémio – 550 €

2º Prémio – 300 €

3º Prémio – 200 €

 

8.2 – Modalidade Fotografia:

1º Prémio – 450 €

2º Prémio – 200 €

3º Prémio – 100 €

 

8.3 - Todos os participantes selecionados receberão um diploma de participação e os premiados diploma próprio;

8.4 - Todos os trabalhos selecionados para a 2ª fase integrarão uma exposição itinerante, realizada pela organização;

8.5 – Os resultados e a entrega dos prémios terão lugar numa cerimónia pública a anunciar oportunamente.

 

9. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

1º - Adequação ao tema do concurso;

2º - Criatividade;

3º - Estética;

4º - Técnica;

 

10. SITUAÇÕES IMPREVISTAS

Qualquer situação não prevista no regulamento será resolvida pontualmente pela organização e Júri do concurso. Das decisões do júri não há recurso.

 

11. JÚRI DO CONCURSO

Alfredo Cunha; Augusto Lemos, Bernardino Castro; Carlos Mendes e Maria do Carmo Serén


Mais em WWW.FOTOGFRAFIA-FNA.ORG